Cadastre seu e-mail para receber nossos informativos:
 





O que é treinamento?


Para Goldstein (1991) Treinamento "é a aquisição sistemática de atitudes, conceitos, conhecimentos, regras ou habilidades que resulta em melhoria de desempenho no trabalho".

Outros autores, como Wexley e Hinrichs acreditam que Treinamento é um processo de aprendizado que auxilia o profissional a atingir a eficiência exigida no seu trabalho (presente e futuro) mediante o desenvolvimento de hábitos apropriados de pensamentos, ações, atitudes, comportamentos, conhecimentos e técnicas. Em geral os objetivos de um treinamento são:

Impulsionar a eficiência.
Incrementar e aumentar a produtividade.
Elevar os níveis de qualidade.
Promover a segurança no trabalho.
Diminuir refugos e retrabalhos.

Para melhor entender o que é um treinamento empresarial, segue abaixo alguns conceitos que podem nos ajudar:

• Treinamento - é o processo intencional e sistemático para estimular a aprendizagem de conhecimentos, habilidades e atitudes pelos empregados, visando sua melhor integração e relacionamento com seu cargo/função, colegas e com a empresa, de forma que possam contribuir, o mais produtivamente possível, para o alcance das metas e objetivos pessoais e da organização, além da solução de problemas da empresa.

• Desenvolvimento - é o treinamento direcionado para a ampliação do horizonte profissional e para o desenvolvimento das potencialidades profissionais e pessoais dos colaboradores.

• Atualização – é o treinamento direcionado para a manutenção das competências técnicas e construção da rede profissional dos especialistas, realizado na forma de eventos como Feiras, Palestras internas e externas, Congressos, Simpósios, Conferências, Fóruns e Visitas técnicas e similares.

• Educação - é o processo de desenvolvimento da capacidade física, intelectual e moral do ser humano, visando seu melhor relacionamento intrapessoal, interpessoal e social. Formalmente ela se processa através de instituições de ensino.

• Diagnóstico de Necessidades de Aprendizagem - é o processo contínuo de identificação, descrição e quantificação de necessidades de aprendizagem, que irão gerar ações, inclusive em forma de eventos de treinamento, necessárias para eliminar ou contribuir para a eliminação da causa de um problema de desempenho da organização, área, cargos ou pessoas, real ou potencial.

• Padrão - resultado esperado de um desempenho, seja da organização, de parte da organização ou de pessoas - quantidade, prazo, qualidade - para atingir um objetivo.

• Problema - não atingimento de um padrão de desempenho determinado.


Pré-requisitos e responsabilidades no processo de treinamento


O início do processo se dá a partir da avaliação do desempenho da organização, de uma área, de uma família de cargos, de um cargo ou de um empregado.

O processo deve ter foco na melhoria dos resultados da organização e satisfação das pessoas, devendo envolver todas as partes interessadas e ter caráter permanente.

O próprio treinamento empresarial deve ser avaliado ao final de cada evento (palestra, curso etc.), visando à melhoria da sua eficiência e eficácia.

O processo global de treinamento deve passar regularmente por uma análise crítica, buscando-se oportunidades de melhoria e evidenciação da sua eficácia e impacto no desempenho global.

A principal responsabilidade desse processo é garantir a melhoria do desempenho da organização, através da qualificação sistematizada e permanente das pessoas.

Numa visão de responsabilidades compartilhadas, cabe ao gestor à responsabilidade por manter a sua equipe competente, apoiado pela gestão estratégica dos profissionais de Recursos Humanos - RH. Cabe a Direção estabelecer a política de treinamento a ser utilizada como balizadora das ações de treinamento, visando manter a equipe com as competências necessárias para a busca dos objetivos organizacionais. E cabe ao profissional, principalmente, ser o gestor de sua carreira, tendo claros seus objetivos pessoais e profissionais e as competências a serem adquiridas.


A NBR ISO 10015:2001 – Diretrizes para Treinamento

Esta norma fornece as diretrizes que orientam as organizações e seu pessoal quando apontam questões relacionadas a treinamento. Esta norma pode ser aplicada sempre que a orientação for necessária para interpretar referências a “educação” e “treinamento” nas normas da família NBR ISO 9000 de gestão e garantia da qualidade. Qualquer referência a “treinamento” neste documento inclui todos os tipos de educação e treinamento.

Os objetivos para a melhoria contínua de uma organização, incluindo o desempenho de seu pessoal, podem ser influenciados por uma série de fatores internos e externos, incluindo mudanças no mercado, tecnologia, inovações e requisitos dos clientes e de outras partes interessadas. Tais mudanças podem exigir que as organizações analisem suas necessidades relacionadas a competências.

A função desta Norma é fornecer diretrizes que possam auxiliar uma organização a identificar e analisar as necessidades de treinamento, projetar e planejar o treinamento, executar o treinamento, monitorar e melhorar o processo de treinamento, de modo a atingir seus objetivos. Esta Norma enfatiza a contribuição do treinamento para a melhoria contínua e tem como objetivo ajudar as organizações a tornar seu treinamento um investimento mais eficiente e eficaz.
A utilização dessa norma como referência para o estabelecimento da prática gerencial de treinamento pode auxiliar na produção de uma prática eficaz.

Um Modelo de Treinamento Empresarial

A figura abaixo demonstra a relação de possíveis causas para um desempenho inferior ao desejado. Somente quando a causa mais provável for deficiência de conhecimentos habilidades e atitudes (CHA) é que o processo de Treinamento deverá ser utilizado como ação corretiva ou preventiva. Do contrário deve-se trabalhar na melhoria e padronização dos processos de trabalho, na criação de incentivos, na disponibilidade e quantidade dos recursos (humanos, financeiros e tecnológicos). Nos casos onde a liderança inoperante é a causa, deve-se capacitar ou trocar a gerencia em todos os níveis hierárquicos.



O modelo abaixo, utilizado pela ADM BRASIL CONSULTORIA poderá ajudar na concepção estratégica do processo de treinamento.







Fontes:
• ABTD - http://portal.abtd.com.br/portal/home.html
• Glossário de RH - http://www.cursosnocd.com.br/recursos-humanos/glossario-de-rh.htm
• Livro - Manual de Treinamento e Desenvolvimento - Gestão e Estratégias - Autor: Boog, Gustavo G.; Boog, Magdalena.
• Norma ISO 9001:2008.
• Norma ISO 10015:2001.